Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Mensagem por Alaska Dermott Windsor em Qui Fev 12, 2015 9:12 pm

Aposento de Abigail Le Roux
Princesa da França

O quarto possui apenas tons claros, variando do branco ao beje. De frente para a espaçosa cama ha uma lareira, na maior parte do tempo, servia apenas de enfeite, apenas nas noites mais frias do ano. O lustre central é o maior responsável pela iluminação do aposento, entretanto, nas paredes ha luminárias, deixando o ambiente ainda mais claro. O quarto tem uma pequena sacada, com portas de vidro, que são tampadas por grossas cortinas bejes, para dar privacidade a princesa.
© darren criss
avatar
Alaska Dermott Windsor
Princesas
Princesas

Mensagens : 181
Dinheiro : 299
Data de inscrição : 11/02/2015
Idade : 19
Localização : St. Claire

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Mensagem por Abigail L. C. Le Roux em Sex Fev 20, 2015 9:16 pm



Little drop of poison
like my town with a little drop of poison nobody knows they're lining up to go insane. I'm all alone I smoke my friends down to the filterI'm all alone, I smoke my friends down to the filter But I feel much cleaner after it rains
___________________________________________________________________
Abigail entrou em seu quarto, acompanhada de seu irmão, o príncipe havia pedido para conversar com a moça em particular, o que despertou sua curiosidade e apreensão. Com certeza não era coisa boa, conversas particulares nunca eram.

Jogou-se na cama, deitando confortavelmente, sem se preocupar com os modos, entre ela e seu irmão não havia formalidades, podiam ser eles mesmos. - O que ouve, maninho? - Perguntou quando Zachary sentou na beira do colchão, mas nada disse. - Não sei como começar - Ele se pronunciou apos alguns segundos em silencio. Abby resistiu a vontade de pedir para que ele começasse a contar do inicio, esperou pacientemente o tempo dele. - A mamãe entrou em contato comigo. Ela disse que ... - O príncipe fez uma pausa dramática, começando a irritar a irmã. - Por favor, desembruxe e uma vez - Explodiu, revirando os olhos.

- Papai esta doente. Ninguém sabe o que ele tem. - Contou, quase imediatamente sendo interrompido pela irmã. - Doente? Como ninguém sabe? Que tipo de médicos imprestáveis tem naquele pais? -  Quase gritou, ficando de pé em um salto. Seu pai era seu alicerce, se algo acontecesse com ele, ela desmoronaria. Era mais apegada ao pé que a mãe, assim como era a preferida do rei da França, era sua princesinha. - Ele esta louco, Abigail! - Zachary tabmem levantou, tentando segurar o braço da princesa, que andava de um lado para ao outro. - Ele já ameaçou começar uma guerra com 5 países. . - Ao ver a expressão confusa no rosto da garota, continuo a explicar. - Desde que começou a ficar doente, ele enlouqueceu. Já mandou ate matar o chefe da guarda do pais porque ele aconselhou-lhe a não começar uma guerra com o Brasil.

A ruiva andava de um lado para o outro, passando as mãos no cabelo, não queria acreditar que seu pai estava fazendo tais atrocidades, ele que sempre fora um homem centrado e a favor da conversa antes da guerra. - Isso só pode ser mentira. - Murmurou para si mesma, balançando a cabeça. - Temos que pensar em alguma coisa para para-lo. - Zachary segurou o braço da garota, fazendo-a parar - Ele mandou dizimar uma cidadela inteira apenas porque ouvir rumores de que eles não concordavam com as atitudes dele, Abigail. - Abby puxou o braço, enxugando as lagrimas que desceram sem sua permissão - Não é verdade. - Gritou, recusando-se a acreditar em qualquer palavra do irmão. - É melhor você aceitar. Papai enlouqueceu, e sua loucura vai piorando conforme sua doença se agrava.

A francesa caiu sentada na cama, apoiando a cabeça nas mãos. - Precisamos fazer alguma coisa. - Sua voz não passava de um sussurro, foi difícil para Zachary ouvir. - Talvez eu possa conversar com ele. Tentar convence-lo de que esta errado. Sabe que ele sempre me escutou. - Levantou os olhos, encarando o irmão com esperança. Abigail tinha o poder de acalmar as pessoas, principalmente seu pai, a garota costumada cantar para o rei quando ele estava estressado. - Abby, acho melhor não. Nem a mamãe esta ousando se aproximar do papai. Ela sabia que você iria querer ir para a França quando soubesse disso, por esse motivo não te contou. Mas eu não achei justo te privar de saber sobre a saúde de nosso pai.

Respirou fundo, limpando as lagrimas antes de voltar a encarar o irmão. - Obrigada por me contar. Mas agora preciso ficar sozinha. - Zachary não discutiu com a irmã, apenas beijou sua testa e saiu, deixando-a sozinha com seus pensamentos e suas lagrimas.



[/color]


_________________
You are the best thing that's ever been mine
16 years, Princess of França, Noach mozão
avatar
Abigail L. C. Le Roux
Princesas
Princesas

Mensagens : 130
Dinheiro : 154
Data de inscrição : 11/02/2015
Idade : 18
Localização : França~Inglaterra~St. Claire

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Mensagem por Amelie Le Roux em Sab Fev 21, 2015 11:06 pm

Fazia muito tempo que não via a minha querida Abby como todos nos a conhecemos e por isso mesmo resolvi fazer uma surpresa para a mesma.

Ao chegar na portaria da Academia me identifiquei como a Rainha da França e que gostaria de ver a minha filha, a princesa francesa e gostaria de saber onde ficava o seu quarto.

-Bonjuour ça va bien? Onde é o quarto da princesa da França?- Fica no segundo andar majestade-obrigada

Fui em direção ao referido andar, caminhando lentamente acho o quarto da minha filha e para a minha surpresa a mesma se encontrava com o irmão conversando.

Querida o que seu irmão lhe contou sobre o seu pai é verdade, não queria que soubesse por outras pessoas e nem dessa maneira, somente agora pude vim para lhe contar, por isso que não mandei a carta endereçada para você e sim seu irmão, agora o seu pai precisa da ajuda e compreensão da família para sair desse situação querida

* Coloca Abby no seu colo* que saudade de quando era criança e dormia no meu colo, para mim nunca vai deixar de ser a minha baby Abby
avatar
Amelie Le Roux

Mensagens : 41
Dinheiro : 173
Data de inscrição : 15/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Mensagem por Abigail L. C. Le Roux em Ter Mar 03, 2015 12:09 am



Little drop of poison
like my town with a little drop of poison nobody knows they're lining up to go insane. I'm all alone I smoke my friends down to the filterI'm all alone, I smoke my friends down to the filter But I feel much cleaner after it rains
___________________________________________________________________
Abby estava deitada em sua cama, lendo um livro antigo, que ja tinha suas paginas amareladas, mas que chamou a atenção da ruiva pelo tema. Ela era uma amante inegável de todas as mitologias, foi inevitável não pegar a saga "Percy Jackson" para ler, estava tão envolvida com a historia que levou um susto ao sentir seu celular anunciar uma nova mensagem.

Relutantemente, deixou o livro de lado e se esticou para pegar o celular na mesinha do lado de sua cama. Digitou a senha e leu a mensagem. A cada palavra lida, mais acelerava o coração da ruiva.

"Querida Abby, eu sei seu segredinho, querida. Você quer contar ou eu conto? Eu também sou uma bruxa como você, florzinha. Crie vergonha na cara e conta logo, não podem fazer pior do que fizeram comigo. Contar o que daria minha identidade, mas enfim. E aquele seu noivo lindo? Tá criando coragem pra dar uma chance pro noivado agora? Querida, devia ter feito antes. Que desperdício de homens lindos... Quem sabe a Aurea não te ensina algo, florzinha?"

Apenas as primeiras da mensagem realmente lhe interessava, como alguém saberia de seus poderes? Sempre fora cuidadosa ao extremo, contara apenas para a mãe e Alaska - Já que ela tambem era bruxa -, nem para suas melhores amigas contou com medo da rejeição.

Sabia que se quisessem mata-la nem seu titulo de princesa a salvaria, todos os caçadores eram instruídos a matar qualquer bruxa, boa ou ruim, irmã, amiga, mãe ou vizinha. Sabia que nem todos eram assim, mas ainda sim temia por sua vida, ou pior, tinha medo de ser rejeitada por sua própria família. Ouvira falar de um caso em que o próprio rei matou sua esposa após descobrir que ela era uma bruxa, alem de mandar matar o casal de filhos adolescentes que tinha com ela, apenas para ter a certeza que não iriam puxar a mãe.

Abigail já estava beirando o panico, realmente tinha medo que a pessoa anonima por traz da mensagem contasse seu segredo a todos. Não iria suportar se isso acontecesse.



[/color]


_________________
You are the best thing that's ever been mine
16 years, Princess of França, Noach mozão
avatar
Abigail L. C. Le Roux
Princesas
Princesas

Mensagens : 130
Dinheiro : 154
Data de inscrição : 11/02/2015
Idade : 18
Localização : França~Inglaterra~St. Claire

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Mensagem por Charlotte W. N. Reinhardt em Ter Mar 03, 2015 3:29 pm


 
Aurea sorriu para si mesma, tirando os óculos escuros em seu quarto e arrumou a saia. Suspirou fundo, sorrindo para si mesma. Esperava que o dia fosse bom. Ela iria se casar, como ela não se sentiria feliz com isso? Ela soltou um suspiro. Por mais que quisesse se casar, ela pensava que agora não era uma boa hora para seu país. Crises religiosas, uma provável guerra com a Finlândia, que iria devastar um dos países, ela esperava ser a Finlândia, já que seu país era bem suprido de exército e armas, um dos motivos da aliança com a França. A Noruega protegeria a França e vice versa. Ela tinha medo. Medo de não conseguir proteger a outra nação e a aliança ser desfeita. Seria tarde. Ela amava muito duas pessoas de lá, seu noivo e sua cunhada, Abigail, não conseguiria viver sem ambos. Suspirou fundo e andou apressada, até sentir o celular vibrar. Deu os comandos para desbloquear e viu uma mensagem.

O jogo já vai começar...

Aurea revirou os olhos após sorrir um tanto irônica. Encarou se em um espelho e pensou. Queridinha, você pode tentar me abalar... Em poucos minutos, chegou no quarto de sua cunhada, Abigail. Pouco se importou de bater na porta, para saber se ela estava devidamente vestida. Pouco importava. Jogou se na cama da cunhada e berrou. — Abigail temos um casamento contra a minha vontade em partes para organizar! Então saia do banheiro e venha me ajudar, agora! — O grito entredentes de Aurea foi alto, audível, é claro. Ela sorriu falsamente quando a cunhada apareceu. — Bom dia para você também. — E se endireitou na cama, ainda deitada.
uptown funk?
This hit, that ice cold, Michelle Pfeiffer, that white gold, this one for them hood girls, them good girls, straight masterpieces, stylin', whilen, livin' it up in the city, got Chucks on with Saint Laurent, fot kiss myself, I'm so pretty. Clothes
love, libby

_________________

Well, Welcome To Your Rule, My Queen.

avatar
Charlotte W. N. Reinhardt
Rainhas
Rainhas

Mensagens : 379
Dinheiro : 519
Data de inscrição : 05/09/2013
Idade : 21
Localização : No coração do Mr. Tubbles, mas também em Oslo ou em St. Claire, Paris, Hogwarts, Acampamento Meio Sangue, Floresta de Doces, Panem ou Nárnia q

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Mensagem por Abigail L. C. Le Roux em Qua Mar 04, 2015 5:31 pm



Little drop of poison
like my town with a little drop of poison nobody knows they're lining up to go insane. I'm all alone I smoke my friends down to the filterI'm all alone, I smoke my friends down to the filter But I feel much cleaner after it rains
___________________________________________________________________
Apos receber a mensagem preocupante, resolveu tomar um banho, precisava relaxar. Encheu a banheira que tinha em seu banheiro, jogou sais de banho com aroma de rosas, tirou sua roupa, jogando-a em qualquer canto, sabia que depois a empregada que limpava seu quarto recolheria.

Perdeu a noção de quanto tempo ficou ali, perdida em seus pensamentos e no seu próprio mundo, só voltou a realidade quando ouviu uma voz grita-la, fazendo-a dar um pulo dentro da banheira, assustada; estava sozinha ali ate onde sabia. Relaxou ao reconhecer a voz da cunhada, saiu de seu banho, enxugou-se e se enrolou em seu roupão branco e felpudo.

Revirou os olhos ao encontrar Aurea jogada em sua cama. - Bom dia, queridíssima cunhada. - Cumprimentou-a, ja caminhando para seu closet, a fim de se vestir, não iria planejar um casamento nua. Colocou um vestido qualquer solto e voltou, se jogando ao lado da cunhada. - O que temos que planejar hoje, majestade?




[/color]


_________________
You are the best thing that's ever been mine
16 years, Princess of França, Noach mozão
avatar
Abigail L. C. Le Roux
Princesas
Princesas

Mensagens : 130
Dinheiro : 154
Data de inscrição : 11/02/2015
Idade : 18
Localização : França~Inglaterra~St. Claire

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Mensagem por Charlotte W. N. Reinhardt em Qui Mar 05, 2015 2:53 pm


 
A rainha suspirou fundo, esperando a cunhada. A viu reaparecer vestida com um roupão, se vestir, depois se jogar ao seu lado na cama. Ela sorriu para a jovem, pensativa. — Ahn... Tudo,um casamento, acho. Apesar de que não acho que seja O momento perfeito para casar Abbs... — Ela suspirou um tanto ressentida. Ela deveria estar feliz, não deveria? Ela se sentia triste, não queria casar agora, não por falta de amor. Ela sentiu seu peito rasgando contra sua pele, com tanta dor. — Você sabe que quero essa "aliança" concretizada, mas seu pai me prometeu que eu só iria me casar se fosse certo para o MEU país e o dele, ele descumpriu isso. Não É a melhor hora para eu fazer isso, não que eu não queira. Meu país está a beira de um colapso religioso e se isso eclodir, a Noruega pode se dividir... E desde aquele dia na cozinha... Não tenho certeza se vou conseguir cumprir a parte da minha família no acordo, se a Noruega se dividir. Meu país pode ter um mega exército, mas não poderei comandar o exército se meu país se dividir e a maior parte dele me odiar. — Ela suspirou fundo, um tanto frustrada. Não queria o país dividido, mas também não queria abrir mão da aliança com a França, por dois bons motivos. Sorriu fracamente para si mesma e a cunhada. Ela não tinha culpa de estar amando, ela se sentia um tanto aliviada, mas se a provável divisão levasse a quebra dessa aliança, tinha enormes chances da princesa sair devastada. Emocionalmente, fisicamente e o que quer mais que fosse.
uptown funk?
This hit, that ice cold, Michelle Pfeiffer, that white gold, this one for them hood girls, them good girls, straight masterpieces, stylin', whilen, livin' it up in the city, got Chucks on with Saint Laurent, fot kiss myself, I'm so pretty. Clothes
love, libby

_________________

Well, Welcome To Your Rule, My Queen.

avatar
Charlotte W. N. Reinhardt
Rainhas
Rainhas

Mensagens : 379
Dinheiro : 519
Data de inscrição : 05/09/2013
Idade : 21
Localização : No coração do Mr. Tubbles, mas também em Oslo ou em St. Claire, Paris, Hogwarts, Acampamento Meio Sangue, Floresta de Doces, Panem ou Nárnia q

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Mensagem por Abigail L. C. Le Roux em Sab Mar 07, 2015 7:27 pm



Little drop of poison
like my town with a little drop of poison nobody knows they're lining up to go insane. I'm all alone I smoke my friends down to the filterI'm all alone, I smoke my friends down to the filter But I feel much cleaner after it rains
___________________________________________________________________

Ainda secando o cabelo com uma toalha felpuda, encarou a cunhada, soltando um suspiro profundo, entendia o que Aurea queria dizer, e não tirava suas razões. - Sempre haverá algo para impedir esse casamento, Aurea. Você sabe que a vida das famílias reais não são fáceis, sempre vai ter problemas para se resolver em nos países. - Começou, tirando a toalha de sua cabeça e a jogando no chão do quarto, depois arrumaria aquilo. Passou a pentear os fios ruivos com os dedos, pensando em seu pai e em tudo de ruim que ele estava cometendo, sabia que seu pais poderia cair em desgraça graças as atrocidades do rei. - Eu sei que as atitudes de meu pai não tem sido sabias, sei que precisamos fazer algo sobre isso, mas não consigo pensar em nada. Zach não poderia assumir o trono com papai vivo - A garota suspirou pesadamente, esquecendo a ideia de arrumar seus fios rebeldes.

Engatinhou ate a cunhada e abraçou, sabia que o que ela estava passando não era fácil, que deveria estar confusa e com medo, grande parte da culpa poderia ser dada aos últimos acontecimentos. - Tendo meu irmão ao seu lado, tenho certeza que enfrentar tudo sera bem mais fácil.  - Acariciou os cabelos de Aurea. -  Seu pais não ira te odiar, todos sabem o quanto você se dedica a ele. - Se afastou para poder encarar a rainha nos olhos, sorrindo de forma serena para ela. - Você ira se casar com meu irmão, e juntos vão ser o melhor rei e a melhor rainha que a Noruega já viu ou vai ver.




[/color]


_________________
You are the best thing that's ever been mine
16 years, Princess of França, Noach mozão
avatar
Abigail L. C. Le Roux
Princesas
Princesas

Mensagens : 130
Dinheiro : 154
Data de inscrição : 11/02/2015
Idade : 18
Localização : França~Inglaterra~St. Claire

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Mensagem por Charlotte W. N. Reinhardt em Dom Mar 08, 2015 9:31 pm



I'm Going Under
Now I will tell you what I've done for you, 50 thousand tears I've cried, screaming deceiving and bleeding for you, and you still won't hear me, going under, don't want your hand this time I'll save myself, maybe I'll wake up for once, not tormented daily defeated by you, just when I thought I'd reached the bottom, I'm dying again

Sorria levemente para si mesma, ouvindo as palavras de Abby enquanto ela estava sentada. Realmente, sempre teria algum motivo para impedir o casamento. Por mais que alguns motivos fossem até ótimos, ela queria se casar mais do que tudo. Ela amava o irmão de Abby, por mais que as vezes ele a irritasse ou fosse um competo babaca e um perfeito cavalheiro na maior parte do tempo. Aurea já não via mais sua vida sem o noivo ou sem a cunhada, Abigail. — Ah claro, a vida de uma família real nunca é fácil e adoram fazer casamentos quando não é conveniente, Abby. — Sorriu falsamente, se endireitando na cama. Observou o quarto de Abby. Era extremamente diferente do seu. Ela ouviu cada palavra de Abby em relação ao pai, a única forma de seu noivo assumir o trono, seria se o pai de ambos morresse, já que ele não abdicaria tão fácil. — Primeiro, Abbs. Matar seu pai, eu ou você, não importa, seria regicídio e a França poderia ter nossas cabeças por isso. Isso incitaria uma guerra da Noruega contra a França que provavelmente vocês perderiam, porque o exército de meu país é maior e mais organizado que o da Franca, que é o motivo do meu casamento. Precisamos impedir seu pai sem ter de matar lo, porque eu sei como é apegada a seu pai, Abbs. — A cada palavra que a monarca pronunciava, sua voz era serena e tranquila, porém firme e decidida seu pescoço. Não daria um "golpe de estado" enorme na coroa Francesa, se isso significasse arriscar a vida do noivo e de Abigail. — Se quisermos dar esse "golpe de estado" sem matar seu pai, temos que fazer ele abdicar do trono francês a favor do seu irmão de qualquer jeito. Podemos internar lo no Bethlem... É um dos mais antigos, Abbs. Seu pai não pode sair de lá pior do que ele está. — Ela deu de ombros, um tanto confusa.

Aurea estava pensativa em questões da Noruega, se lembrando também de algumas das noites das visitas em Roma. Sorriu momentaneamente deixando um suspiro baixo escapar dos lábios. Ela sentia falta daqueles momentos com o irmão de Abigail. Era um tanto errado, aquilo não importava. Ela só queria. — Abbs se eu perder você ou seu irmão, não sei o que vou fazer... Eu não sei nem como... Proteger vocês... Vocês são minha família, tanto como Winter, America, tio Theodore, Freya e mamãe. Se eu perder um de vocês, minha mãe eu não sei, porque andamos brigando muito, não vou suportar... — Ela suspirou, vendo uma lágrima escapar. Limpou a lágrima e suspirou. Sorriu ouvindo Abigail e a abraçou. — Se não me odiarem... Melhor ainda. E ter seu irmão para ajudar... É um alívio, sabe? Pelo ou menos tenho alguém para dividir todo o estresse e um ombro para chorar, mas apesar de que na maioria das vezes acabamos... Hã, você sabe, não vou falar para não render papos longos, demorados e chatos sobre isso. — Sorriu dando um riso baixo. Ela suspirou, se ajeitando e riu para si mesma. — Abbs... Esse não é o problema. Eu sei que vou me casar, particularmente não vejo a hora de eu me casar, mas eu não queria casar AGORA. Eu tenho medo de casar com o seu irmão, sendo da religião que vocês são, dar a impressão para o meu povo que só aquela religião é permitida, eu não quero isso, Abbs. — Ela disse um tanto atordoada, confusa e até mesmo chorosa. Ela não queria desistir daquele casamento por isso.

_________________

Well, Welcome To Your Rule, My Queen.

avatar
Charlotte W. N. Reinhardt
Rainhas
Rainhas

Mensagens : 379
Dinheiro : 519
Data de inscrição : 05/09/2013
Idade : 21
Localização : No coração do Mr. Tubbles, mas também em Oslo ou em St. Claire, Paris, Hogwarts, Acampamento Meio Sangue, Floresta de Doces, Panem ou Nárnia q

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Mensagem por Amelie Le Roux em Qua Abr 15, 2015 8:53 pm

Realmente precisava ver a minha filha estou muito preocupada com seu pai e irmão e depois a proximidade do seu casamento com o príncipe inglês, como o tempo passa depressa e ainda temos muita coisa do casamento para organizar.

Dessa vez, nem precisei pedir informação sobre o quarto da minha filha, somente comuniquei a um funcionário na recepção da Academia que iria ver a princesa da França e segui direto para o seu quarto.

Ao chegar na frente do quarto encontro a porta aberta, suponho que tenha alguém da limpeza arrumando o quarto, pois Abbys nunca foi muito organizada mesmo, alias bagunçava o meu quarto e o do irmão querido, vou em direção a uma poltrona que tem ao lado da cama e me sento com as pernas cruzadas e com a minha bolsa ao meu lado, tudo para não atrapalhar a arrumação do quarto.

-Bom dia
- Bom dia e não precisa fazer reverencia não querida, continue o seu trabalho, sabe onde esta a princesa?
- Não tenho certeza, mas acho que em aula
- Compreendo e não se importa da minha presença aqui
-Pode ficar a vontade no quarto da sua filha majestade
- Obrigada

Como vou dizer a Abby que o irmão saiu numa missão e até agora não havia regressado para casa e que seu pai esta doente

.....

Passada algumas horas, depois que a camareira foi embora deitei na cama a cadeira tinha me deixado sem coluna, acordo com vozes muito familiares acho que é minha filha com a cunhada que não se desgrudam por nada, mas a minha dor no corpo não me deixa levantar
avatar
Amelie Le Roux

Mensagens : 41
Dinheiro : 173
Data de inscrição : 15/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Mensagem por Abigail L. C. Le Roux em Qua Abr 15, 2015 11:14 pm



Little drop of poison
like my town with a little drop of poison nobody knows they're lining up to go insane. I'm all alone I smoke my friends down to the filterI'm all alone, I smoke my friends down to the filter But I feel much cleaner after it rains
___________________________________________________________________

Vida de princesa não é fácil, mas tudo se torna ainda mais difícil quando se é uma princesa noiva, alem de tudo, uma princesa madrinha de dois casamentos. O meu casamento se aproximava, o de Aurea com meu irmão tambem, e o de minha cunhada, irmã de meu futuro marido, tambem estava perto. Pouco tempo para conseguir arrumar três casamentos. E claro, não podia deixar de estudar. Maldito sequestro, atrasou todos os planos e programações que tínhamos.

Só de lembrar do tempo que passei sequestrada, meus olhos se enchiam de lagrimas e uma vontade de ficar trancada dentro do meu quarto em segurança tomava conta do meu corpo. Apesar de não lembrar direito do sequestro, já que passei a maior parte dele dopada, me lembro muito bem dos machucados que tinha quando fui resgatada, no pouco que fiquei acordada desejava arduamente a morte, não era fácil aturar a tortura que era submetida, tanto a física quanto a psicológica.  

Respirei fundo antes de caminhar calmamente e elegantemente sobre meus saltos para o meu quarto, onde pretendia trocar de roupa e ir atras dos arranjos do meu casamento, o qual se aproximava cada vez mais. Quase gritei assim que abri a porta e encontrei uma pessoa deitada na minha cama, mas me tranquilizei assim que reconhecia minha mãe. Corri para a cama com os olhos cheios de lagrima, desde antes de meu sequestro que eu não via a rainha da França, estava morrendo de saudades dela. - Olá mamãe. - Me joguei na cama, abraçando a mulher elegante que estava esparramada sobre o colchão.



[/color]


_________________
You are the best thing that's ever been mine
16 years, Princess of França, Noach mozão
avatar
Abigail L. C. Le Roux
Princesas
Princesas

Mensagens : 130
Dinheiro : 154
Data de inscrição : 11/02/2015
Idade : 18
Localização : França~Inglaterra~St. Claire

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Mensagem por Amelie Le Roux em Dom Abr 19, 2015 7:19 pm

Percebi que Abbys levou um susto ao me ver deitada na sua cama querida a funcionária da escola me deixou ficar aqui na cama enquanto arrumava o quarto, já que estava cansada da viagem de Paris até aqui querida.

Quero que me conte as novidades? Pelo olhar da minha filha,parece que vem uma bomba por ai. - Mãe, não queria te preocupar fui sequestrada e me doparam uma boa parte e não sei ao certo quanto tempo fiquei presa, somente sei que meu irmão e o meu noivo foram atras de mim - Como foi isso? E quando foi e porque não me avisou antes

Acho que agora pegue pesado com a minha Abbys, como sou idiota como ia me avisar se passou a maior parte do tempo dopada, idiota

Que bom que esta aqui, temos muita coisa do seu casamento e seu irmão para resolver e sem contar que ainda temos os seus dois vestidos de madrinha para ajeitar, vou falar com a Catherine para o seu casamento ser mais para frente, pois não vai ter como ser madrinha dos dois querida, agora venha aqui e deite no meu colo, a mamis te ama muito
avatar
Amelie Le Roux

Mensagens : 41
Dinheiro : 173
Data de inscrição : 15/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposento de Abigail L. C. Le Roux

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum