1051 Night Club

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1051 Night Club

Mensagem por Frederico W. Hohenzollern em Sab Mar 14, 2015 7:09 pm

1051
Night Club

Bem-vindo ao 1051 Night Club!


Eat, Sleep, Rave, Repeat.


Com um ambiente totalmente diferente de tudo que já viu, a boate 1051 tem como principal atração a música eletrônica, juntamente com os  sings de maior sucesso no mundo pop, sendo frequentado, em sua maioria, pela população jovem local que tem apenas a intenção de dançar com os amigos sem se preocupar em estar numa região "perigosa".

A pista de dança ocupa a mair área do local, tendo um pequeno palco onde o DJ - normalmente Frederico - faz sua mágica e transforma a construção numa verdadeira rave.
Constituído por dois andares, 1051 Night Club tem em seu interior dois bares: um no primeiro andar e um no segundo - este último é Open Bar e apenas para convidados VIP's.  Há uma área com pufs e sofás, destinada as pessoas que precisam descansar um pouco, beber alguma coisa ou apenas tomar um fôlego.



Dias de funcionamento: De sexta a domingo.
Hora: A partir das 22.


© darren criss



Última edição por Frederico W. Hohenzollern em Qua Abr 01, 2015 8:29 pm, editado 1 vez(es)

_________________
Not Gonna Die
I've gotta fight today to live another day. I've gotta make a stand and I'm gonna fight for what is right. It's just another war.
avatar
Frederico W. Hohenzollern
Reis
Reis

Mensagens : 101
Dinheiro : 112
Data de inscrição : 14/02/2015
Idade : 24
Localização : Alemanha

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Frederico W. Hohenzollern em Ter Mar 24, 2015 9:43 pm


In mountains that are stacked with fear
But you're a king and I'm a lionheart
As garrafas estavam devidamente arrumadas na grande estante de vidro atrás do balcão, os aperitivos espalhados pelas poucas mesas que havia mandado organizar no local, as luzes devidamente instaladas e o som soava muito mais baixo que o esperado. Hoje seria a inauguração do 1051 e apenas um grupo seleto de pessoas fora convidado. Eu já estava no club há duas horas, dando os retoques finais e acabando de fazer a seleção de música que tocaria na noite.

Com um aceno de cabeça autorizo o único funcionário chamado para a data a abrir a porta, deixando, assim, os convidados VIP’s entrarem.

Pancakes ♪♫


Última edição por Frederico W. Hohenzollern em Sab Abr 18, 2015 7:39 pm, editado 1 vez(es)

_________________
Not Gonna Die
I've gotta fight today to live another day. I've gotta make a stand and I'm gonna fight for what is right. It's just another war.
avatar
Frederico W. Hohenzollern
Reis
Reis

Mensagens : 101
Dinheiro : 112
Data de inscrição : 14/02/2015
Idade : 24
Localização : Alemanha

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Lily V. Schüler Voss em Dom Mar 29, 2015 6:04 pm



Then I'll move on

Tear drops in your hazel eyes, I can't believe I made you cry... It feels so long since we went wrong, but you're still on my mind, never meant to break your heart...Sometimes things just fall apart! So here's one night to make it right before we say goodbye!
Esmond estava meio inseguro em pilotar a moto, mas logo ele pegou o jeito. Passei meus braços em volta da cintura dele o apertando e quando ele se sentiu seguro o bastante para correr acelerou a moto. Como eu não tinha o hábito de usar capacete, meus cabelos loiros, que chegavam a altura da cintura batiam em minhas costas e eu adorava aquela sensação.

O músico estacionou na frente da 1051, e a fila estava enorme. Desci da moto antes de Esmond e segurei sua mão andando pra a frente da fila. Graças ao Frederico, eu estava na lista de VIP's então não iriamos ter que esperar na fila. — Boa noite! Le Fay, Remy! —  Falei para o segurança que segurava a prancheta em mãos. Quando ele checou meu nome assentiu com a cabeça dando passagem para mim e Esmond.

Atravessamos a pista de dança e então subimos até o último andar, onde mais uma vez tive que dar o meu nome. Após entrarmos no que seria a parte exclusiva da boate o som já era mais baixo propiciando uma conversa. Aquela área estava bastante vazia, o que era bom. Me sentei em um dos sofás de couro dali, um dos mais afastados em relação as outras pessoas que ali estavam.

So wait up, wait up! Give me one more chance!
avatar
Lily V. Schüler Voss
Academia Real de St. Claire
Academia Real de St. Claire

Mensagens : 84
Dinheiro : 100
Data de inscrição : 19/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Esmond Ferrenyr Doregan em Dom Mar 29, 2015 6:41 pm



Sobrevivemos
O Sinal Funcionou
 
Nenhum poste quebrado ou velhinha atropelada, tudo ocorreu bem e estar com Remy na garupa me fez ter mais confiança em pilotar para que não sofrêssemos nenhum acidente e ela não se machucasse, Remy indicou o caminho de uma clube noturno o qual frequentava onde poderíamos conversar e para lá segui. Ela era bem conhecida pois mesmo com uma extensa fila na porta do local pudemos entrar sem ter de esperar pois seu nome já constava na lista de VIP's, em seguida fomos para um local reservado onde também era reservado para VIP e sentamos em um local mais afastado dos demais, observando o local cautelosamente e as pessoas em volta me sentei em um sofá de frente para onde estava Remy e comecei a falar em baixo tom porém audível:

 _ Bom, aqui estamos e mesmo não sendo tão privado como esperava creio que seja o suficiente para conversarmos._ Tomava folego antes de prosseguir e logo continuava.

_ Veja bem pequena, lembra-se quando disse que fora entregue por meu pai por um débito de um crime que sequer estava cometendo não se lembra? E que um amigo que conheci em uma floresta tornara-se um pai para mim? e que com isso eu perdi minha família?_

 Estava prestes a desistir de lhe contar a verdade mas era necessário, caso ela quisesse continuar comigo seria por sua decisão clara e ciente de quem eu fui e o que ainda restou daquele Esmond, mesmo tendo mudado muito haviam coisas que permaneciam, então decidi continuar:

_ Não que seja mentira, mas a verdade foi encoberta por fatos não tão relevantes, e isso quer dizer que.._ respirava um pouco.

_ Quer dizer que este meu amigo era meu mentor em bruxaria, ele era um grande bruxo que dominava completamente a arte de criar poções, das mais simples até as que já foram banidas a milhares de anos. Eu o conheci em meio a uma antiga floresta Londrina próxima ao chalé onde morava, eu era apenas uma criança em seus primeiros anos de vida, ele me convidou para ser seu discípulo e portador de seus conhecimentos, fui entregue por meu pai aos caçadores ainda muito novo quando minha irmã me flagrou praticando uma poção pesticida. Meu mentor foi atrás de mim e me salvou de um acampamento onde eles tinham outras bruxas para finalmente queimar, meu mentor e eu passamos a viver juntos e também a fugir juntos, quando disse que havia perdido minha família, não é verdade, eu guardei tanta mágoa que fiquei cego de ódio por que os amava tanto e eles me traíram desse modo, minha própria mãe sequer disse algo quando meu pai decidiu me entregar. Depois de alguns anos eu retornei à minha antiga casa e joguei um pouco de minha poção pesticida no poço de água da casa e os envenenei,  e depois me vinguei de meu pai._  era doloroso lembrar de tudo aquilo e de quão ruim eu havia sido, isso me recordava o por que não tinha mais contato com outras pessoas e me afastava de amizades e amores, era difícil imaginar como alguém com um passado como o meu poderia saber o que era apaixonar-se ou amar, sequer havia tido receio ao acabar com minha própria família.

_ Depois disso voltei a morar em todos os lugares com meu mentor, na verdade nos tornamos mesmo verdadeiros pai e filho mas já estávamos conhecidos como bruxos em todos os cantos e fomos caçados dia e noite sem descanso. Raras vezes conseguíamos alguns dias de paz mas não demorava muito para que nos reconhecessem e chamassem os caçadores, não sei quanto tempo terei paz aqui como professor, e acho que não seria certo envolver uma pessoa tão amável e meiga como você nisso. Eu não quero colocar você em perigo Remy, achei que não seria justo me envolver tanto com você e esconder isso que é tão crucial, pois não sei talvez hoje ou amanhã caçadores descubram onde estou e passem a me caçar novamente, para eles não importa quem esteja com seu alvo no fim todos pagam o preço por se envolver com um bruxo ou uma bruxa._

Olhava para o chão por um curto período de tempo e refletia se mesmo que ela aceitasse se seria certo envolve-la nisso, afinal ela poderia sofrer as consequências por se envolver comigo e ser acusada também de bruxaria mesmo sendo inocente disso:

_ Já me perguntei diversas vezes se o correto não seria eu apenas me abster dos sentimentos e das pessoas para não levar o carma que carrego comigo, pois por onde passo fica uma marca da caçada que vem logo em seguida._

 Pelo momento acreditava que já bastava de explicações, não era bom importuna-la com melancolia e devaneios.

COM: Remy Hadley ONDE: 1051 Night Club VESTINDO:Isso POST: 001

@Lilah
avatar
Esmond Ferrenyr Doregan

Mensagens : 26
Dinheiro : 30
Data de inscrição : 25/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Lily V. Schüler Voss em Dom Mar 29, 2015 7:31 pm



Then I'll move on

Tear drops in your hazel eyes, I can't believe I made you cry... It feels so long since we went wrong, but you're still on my mind, never meant to break your heart...Sometimes things just fall apart! So here's one night to make it right before we say goodbye!
Estranhei Esmond se sentar na minha frente ao invés de ao meu lado. O encarei com expressões confusas por um tempo até que ele me perguntou se eu me lembrava da história que ele havia me contado no café. — Sim... Me lembro.... — Respondi enquanto cruzava as pernas.

Esmond retomou a mesma história porém com mais detalhes. Ele parecia nervoso e inquieto enquanto contava e minhas feições passaram de neutras para um tanto assustadas quando ele tocou no ponto chave da noite. Esmond era um bruxo. Meu coração acelerou. Poderia ser mais conveniente? Manteve o olhar fixo naquele brilho azul sabendo que para ele contar aquela história não estava sendo fácil e extremamente intrigada pela preocupação dele para com o meu bem estar. Os minutos se passavam lentamente e eu podia quase ouvir o coração dele bater rápido dentro de minha cabeça.

Esmond parou de falar e fitou o chão por um tempo, mas quando levantou a cabeça voltou a falar com uma melancolia intensa. Fiquei parada por um tempo com expressões vazias fitando-o nos olhos e logo me levantei da poltrona e me ajoelhei no chão ficando entre as pernas de Esmond que ainda permanecia sentado. Puxei a camiseta do músico para que ele chegasse mais perto e então coloquei a mão em sua nuca selando nossos lábios em um beijo urgente porém lento. Mordi o lábio inferior do rapaz levemente enquanto com a mão livre segurava seu queixo o fazendo olhar para mim. — Isso não poderia ser mais perfeito Esmond! — Falei baixo com a boca bem perto da dele me levantando e o puxando sutilmente para que ficasse de pé também envolvendo meus braços em sua cintura. Com a boca próxima do seu ouvido tornei a falar com ele. — Isso não poderia ser mais perfeito, porque eu também sou uma bruxa... — Fiz uma pausa um pouco longa e depois continuei. — Não sou daqui, nasci em Avalon, seu mentor já deve ter comentado sobre tal lugar. — Deitei a cabeça em seu ombro antes de prosseguir. — Se lembra que eu lhe disse que minha mãe iria me obrigar a seguir algo que não queria?A rainha havia me eleito para ser a dama do lago, filha única de Viviane, a antiga dama... Fugi no dia da minha coroação, porque eu era apenas uma adolescente querendo ter uma vida normal ao invés de ter tantas responsabilidades. Fugi para os Estados Unidos, aonde passei boa parte da minha vida, com uma família adotiva... Mary, David, meus pais e Ruby, minha irmã adotiva. E eu realmente abatia carteiras, para que pudesse migrar com eles para Salém, pois estava sendo caçada a um bom tempo... E eles foram mortos... Alguns dias antes de chegarmos ao nosso destino. E foi no caminho de fuga para Salém que encontrei as minhas irmãs... Elas também são bruxas, e eu ensinei para elas tudo o que eu sei. Sobre a caça as bruxas de Salém? Fomos responsáveis por aquelas mortes. Ainda escuto o grito daquelas mulheres inocentes queimando vivas por minha culpa e culpa de minha família... Mas eu estou aqui para proteger minhas irmãs e esse é meu destino... Já estava escrito nas estrelas antes de eu nascer que essa seria a responsabilidade que eu teria que carregar por mais que, na minha cabeça pareça errado. Eu nasci e vivi por mais de mil anos para protegê-las! — Após acabar de falar levantei meu rosto e franzi o senho com expressões vazias. — Isso... É de mais para sua cabeça? —  Perguntei com um suspiro pesado.

So wait up, wait up! Give me one more chance!
avatar
Lily V. Schüler Voss
Academia Real de St. Claire
Academia Real de St. Claire

Mensagens : 84
Dinheiro : 100
Data de inscrição : 19/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Esmond Ferrenyr Doregan em Dom Mar 29, 2015 9:13 pm



Verdades Reveladas
Cartas na Mesa
 
Remy escutava atenta tudo o que eu dizia mas não demonstrava expressão alguma, parecia concentrada em tudo o que eu dizia sem dizer nada até que terminei de contar-lhe tudo, foi então que ela ajoelhou-se entre minhas pernas e puxou-me pela camisa e lentamente iniciou um beijo envolvente. Admito ter ficado pasmo quando ela disse que isso não poderia ser mais perfeito, o espanto ficou claro em meu olhar, eu acabara de contar que era um bruxo que assassinar a família por vingança, era caçado onde quer que eu estivesse e que não era seguro estar comigo, não entendia onde estava a perfeição nisso tudo mas continuei a ouvir-lhe antes de dizer algo.

Mas tudo fez sentido quando ela disse também ser uma bruxa, fiquei realmente surpreso e a encarei com espanto no olhar, ela disse ser de Avalon e acreditava que meu mentor já mencionara antes, não me recordava claramente mas acreditava que realmente deveria ter citado algumas vezes sim, ela deitou sua cabeça sobre meu peito e contou-me sua história, eu havia ficado de queixo caído quando ela disse que ela e suas irmãs eram as responsáveis pela senão mais famosa caçada às bruxas de Salém, e ali estava comigo uma delas. Ironia do destino ou não ali estávamos abraçados e compartilhando suas histórias de bruxas e bruxos, talvez um casal não tão comum mas que com certeza poderia ser um casal feliz, já que eu deseja realmente ficar ao lado dela, então ergui seu lindo rostinho e dei-lhe um carinhoso e intenso beijo que fez-me perder o folego, afastando minimamente meus lábios dos dela e olhando-a com todo amor que sentia queimar em meu peito lhe disse:

_ A única coisa que é demais para a minha cabeça é a ideia de ficar longe de você minha pequena, não importa qual sua idade, história e talvez a missão que tenhas, nada disso é demais para minha cabeça. O que se torna demais aqui, é o que eu sinto por você, e o que eu sinto agora é a vontade de estar com você não importa o que aconteça, se tiver que sofrer ou que fazer seja lá o que for que a situação peça, se for para mante-la segura ou a família que tanto ama, saiba que não exitarei. Remy a única coisa que espero ao estar com você é poder te fazer feliz, se sua família é importante para você ela é para mim também, quero que saiba que estarei com você não importa o que aconteça, para te apoiar e te proteger, sejam caçadores ou os desatinos da vida, nada me impedirá de estar contigo batalhando pela felicidade de quem foi capaz de conquistar o meu amor._

A abraçava gentilmente e levava minha face até seu pescoço e dava-lhe um suave beijo seguido de uma leve mordida sussurrando em seu ouvido:

_ Fico feliz de podermos ficar juntos, minha bruxinha._

Fitava-lhe com expressão de contentamento.

COM: Remy Hadley ONDE: 1051 Night Club VESTINDO:Isso POST: 002

@Lilah
avatar
Esmond Ferrenyr Doregan

Mensagens : 26
Dinheiro : 30
Data de inscrição : 25/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Lily V. Schüler Voss em Dom Mar 29, 2015 10:58 pm



Then I'll move on

Tear drops in your hazel eyes, I can't believe I made you cry... It feels so long since we went wrong, but you're still on my mind, never meant to break your heart...Sometimes things just fall apart! So here's one night to make it right before we say goodbye!
A voz dele se fez presente mais uma vez fazendo meu coração bater mais forte com todas aquelas palavras. Sorri com o instinto de proteção dele. O abraço dele não envolveu apenas meu corpo e coração, mas também a minha alma. Ele começou então a beijar meu pescoço sutilmente me fazendo fechar os olhos e arrepiar quando ele me deu uma mordida ele e sussurrou em meu ouvido — Bom... Seja bem vindo a família bruxinho! — Falei o puxando para fitá-lo nos olhos. — Mas nós não temos que nos preocupar com nada! Sei que você costumava fugir de caçadores, mas agora você tem a mim e as minhas meninas! E não foi atoa que conseguimos sobreviver por tanto tempo! — Acariciei o rosto de Esmond com a mão esquerda enquanto a direita o puxava para mais perto. — E quando a guerra começar eles não vão ao menos saber aonde começar a nos procurar! Porque nós temos fogo e nós vamos deixar tudo queimar! — Falei dando um beijinho rápido em seus lábios — E a nossa fogueira será tão grande, que não conseguiram apagar! — Sorri após fazer uma analogia a como pessoas da nossa "raça" eram mortas. Sabia que junto com a guerra mundial, alguns nobres estavam se reorganizando mais uma vez e logo iria começar um genocídio de bruxas e bruxos pelo mundo tudo, e como líder da Zippel Witchcraft era meu dever, não só manter minhas irmãs e Esmond a salvo, como a maior quantidade de bruxas possíveis.

A música alta tomou minha atenção. Peguei a mão de Esmond caminhando até a grade do andar que, ao olhar para baixo dava para ter uma ótima visão da pista de dança. Fiquei fitando o movimento da rave enquanto apertava sutilmente a mão de Esmond. Depois de um templo voltei meu olhar para ele com um sorriso e por Deus, parecia que toda vez que eu desviava meu olhar ele ficava mais bonito! — Eu amo você! — Sussurrei propositalmente para que a música alta não transparecesse minha voz, mas sabia que ele havia entendido.

So wait up, wait up! Give me one more chance!
avatar
Lily V. Schüler Voss
Academia Real de St. Claire
Academia Real de St. Claire

Mensagens : 84
Dinheiro : 100
Data de inscrição : 19/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Esmond Ferrenyr Doregan em Dom Mar 29, 2015 11:27 pm



Clássico x Moderno
'-'
 
Observava a pista enquanto bebia um pouco e ouvia Remy, dava um breve sorriso com a brincadeira dela e lhe respondia dando um breve beijo no rosto:

_ Como descobriu uma plano maléfico tão fácil assim?_

Logo ri baixo com seu comentário sobre a frustrada tentativa de dança, era difícil acompanhar o estilo atual sendo que só conhecia o clássico, mas não me custava nada tentar aprender o único problema é que eu não levava jeito para isso.

_ Não me custa tentar adiar o máximo não é? Ao menos até que eu aprenda como me mover como se estivesse sofrendo um ataque epilético._

A forma de dança era aparentemente simples mover-se aleatoriamente dentro do ritmo, mas somente na teoria era simples pois a música era rápida e bem agitada, então mencionei:

_ Isso me faz pensar que mesmo eu sendo o mais novo dentre nós, acabo sendo o mais antiguado, estou totalmente fora da moda em todos os sentidos, enquanto você é popular e conhece tudo sobre o que é tendência._

Sorria e bebia mais um pouco enquanto percebia que uma nova música se inciava, provavelmente o tal "DJ" pegara um disco, ou seja lá como chamavam atualmente uma mídia de som, e começou a tocar uma melódia que não me era estranha, então todos vaiaram e rapidamente o responsável colocou uma musica ainda mais agitada.

_ Me senti um verdadeiro antiguado._ ria um pouco _ Não sei por que ele teria uma obra de Hildegarda de Bingen que é uma das poucas compositoras que se tem registro, era da idade média, acho que a " galera" não curtiu._

Tentava usar alguns dos termos modernos mas vindo de mim era estranho, eu mesmo não estava habituado com isso então bebia mais um pouco e imaginava que poderia tentar habituar-me com as tendências da época, mas por enquanto era somente uma ideia a ser lapidada.



COM: Remy Hadley ONDE: 1051 Night Club VESTINDO:Isso POST: 004

@Lilah


Última edição por Esmond Ferrenyr Doregan em Seg Mar 30, 2015 6:10 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Esmond Ferrenyr Doregan

Mensagens : 26
Dinheiro : 30
Data de inscrição : 25/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Lily V. Schüler Voss em Seg Mar 30, 2015 5:37 pm



Then I'll move on

Tear drops in your hazel eyes, I can't believe I made you cry... It feels so long since we went wrong, but you're still on my mind, never meant to break your heart...Sometimes things just fall apart! So here's one night to make it right before we say goodbye!
Quando Esmond disse que também me amava um sorriso surgiu em meu rosto. O músico foi andando até o bar e eu me virei para poder acompanha-lo com os olhos. Ele então voltou com duas taças me entregou uma, segurei a mesma em sua haste, deixando os dedos longe do corpo do copo, para que a mão não esquentasse a bebida a bebida. — Então você já quer me deixar bêbada no nosso primeiro encontro hm? — Perguntei com um tom brincalhão o olhando nos olhos.

A tentativa de se mexer no ritmo da música de Esmond fora falha o que me fez rir baixinho. Então ele me abraçou e ficamos apoiados contra a grade vendo as pessoas na pista dançarem.  — Se você acha que vai fugir para sempre de dançar comigo, está muito enganado mocinho!— Falei com um sorriso de canto o olhando nos olhos.
So wait up, wait up! Give me one more chance!
avatar
Lily V. Schüler Voss
Academia Real de St. Claire
Academia Real de St. Claire

Mensagens : 84
Dinheiro : 100
Data de inscrição : 19/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Esmond Ferrenyr Doregan em Seg Mar 30, 2015 6:17 pm



Clássico x Moderno
'-'
 
 Observava a pista enquanto bebia um pouco e ouvia Remy, dava um breve sorriso com a brincadeira dela e lhe respondia dando um breve beijo no rosto:

_ Como descobriu uma plano maléfico tão fácil assim?_

Logo ri baixo com seu comentário sobre a frustrada tentativa de dança, era difícil acompanhar o estilo atual sendo que só conhecia o clássico, mas não me custava nada tentar aprender o único problema é que eu não levava jeito para isso.

_ Não me custa tentar adiar o máximo não é? Ao menos até que eu aprenda como me mover como se estivesse sofrendo um ataque epilético._

A forma de dança era aparentemente simples mover-se aleatoriamente dentro do ritmo, mas somente na teoria era simples pois a música era rápida e bem agitada, então mencionei:

_ Isso me faz pensar que mesmo eu sendo o mais novo dentre nós, acabo sendo o mais antiguado, estou totalmente fora da moda em todos os sentidos, enquanto você é popular e conhece tudo sobre o que é tendência._

Sorria e bebia mais um pouco enquanto percebia que uma nova música se inciava, provavelmente o tal "DJ" pegara um disco, ou seja lá como chamavam atualmente uma mídia de som, e começou a tocar uma melódia que não me era estranha, então todos vaiaram e rapidamente o responsável colocou uma musica ainda mais agitada.

_ Me senti um verdadeiro antiguado._ ria um pouco _ Não sei por que ele teria uma obra de Hildegarda de Bingen que é uma das poucas compositoras que se tem registro, era da idade média, acho que a " galera" não curtiu._

 Tentava usar alguns dos termos modernos mas vindo de mim era estranho, eu mesmo não estava habituado com isso então bebia mais um pouco e imaginava que poderia tentar habituar-me com as tendências da época, mas por enquanto era somente uma ideia a ser lapidada.



COM: Remy Hadley ONDE: 1051 Night Club VESTINDO:Isso POST: 004

@Lilah
avatar
Esmond Ferrenyr Doregan

Mensagens : 26
Dinheiro : 30
Data de inscrição : 25/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Lily V. Schüler Voss em Seg Mar 30, 2015 6:46 pm



Then I'll move on

Tear drops in your hazel eyes, I can't believe I made you cry... It feels so long since we went wrong, but you're still on my mind, never meant to break your heart...Sometimes things just fall apart! So here's one night to make it right before we say goodbye!
Quando ele disse que iria adiar uma dança comigo até aprender a se movimentar como estivesse tendo um ataque epilético foi inevitável gargalhar. Passei a mão em meu cabelo jogando minha franja pro lado enquanto dava um gole na bebida em minha mão e o ouvia falar sobre que, mesmo ele sendo mais novo parecia ser o mais antiquado. Sorri mordendo o lábio inferior. — Eu posso ser velha, mas não estou morta! — Disse rindo enquanto chegava o rosto para mais perto do dele. — Eu sou uma garota eternamente jovem, muitas matariam por isso, então faço questão de continuar com um espírito jovem também! — Toquei meus lábios levemente nos dele e afastei meu rosto novamente com um sorriso fraco.

Olhei em minha volta observando as outras pessoas que estavam ali, a maioria já estava bêbada ou tentava impressionar uns aos outros com suas danças completamente loucas, que para mim parecia a dança de acasalamento dos pombos. Ri baixinho. "O que aprendemos com isso? Claro, a não dançar depois da quarta dose de bebida!" Arqueei a sobrancelha fitando tal cena mas logo voltei meu olhar para Esmond. — E você está me devendo uma dança! — Falei com um olhar semicerrado e tom ameaçador mas  logo um sorriso se formou no meu lábios mais uma vez. — E já que você é um professor de música, e tem uma sala com isolantes de som, aposto que não terá problema em ensaiar não é? — Sorri tomando mais um gole do drink. — Quem sabe eu não te acompanhe em um desses ensaios? Seria divertido!

So wait up, wait up! Give me one more chance!
avatar
Lily V. Schüler Voss
Academia Real de St. Claire
Academia Real de St. Claire

Mensagens : 84
Dinheiro : 100
Data de inscrição : 19/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Esmond Ferrenyr Doregan em Seg Mar 30, 2015 8:08 pm



Clássico x Moderno
'-'
 
 A abraçava apertado rindo de seu comentário em relação ao que eu havia dito de parecer ser mais antiquado, então lhe respondia:

_ Querida, idade não define velhice, você apenas tem mais idade mas conserva a juventude e atitude que muitas garotas da minha idade já perderam, que até mesmo eu nunca tive. Você é perfeita como é, e isso que fez eu te amar tanto, e está certa em procurar se manter viva assim, e te apoio totalmente._

Prestava atenção em Remy e via onde ela queria chegar com sua pergunta, mas logo ela vai direto ao ponto fazendo-me refletir um pouco enquanto dava um breve gole em sua bebida molhando as palavras para variar, sorria gentilmente enquanto respondia:

_ Seria a maior das honras para mim ter sua presença em um de meus ensaios, sem falar que ainda desejo sua presença para ter o prazer de que sejas minha musa inspirado para uma nova obra, nada mais me daria tamanha felicidade neste mundo._





COM: Amada Remy ONDE: 1051 Night Club VESTINDO:Isso POST: 005

@Lilah
avatar
Esmond Ferrenyr Doregan

Mensagens : 26
Dinheiro : 30
Data de inscrição : 25/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Lily V. Schüler Voss em Seg Mar 30, 2015 9:55 pm



Then I'll move on

Tear drops in your hazel eyes, I can't believe I made you cry... It feels so long since we went wrong, but you're still on my mind, never meant to break your heart...Sometimes things just fall apart! So here's one night to make it right before we say goodbye!
Eu inspirando alguém? — Perguntei em voz alta mais para mim mesma do que pra ele e ri.  — A última vez que inspirei alguém a fazer algo foi no século XV e gerou a morte de 9 milhões de pessoas na fogueira! — Arqueei a sobrancelha o olhando.  — Você tem certeza de que isso é uma boa ideia? — Perguntei rindo e acabando de beber o líquido da taça em minhas mãos.

Andei até onde estava sentada anteriormente e me aconcheguei novamente no sofá de couro esperando Esmond se aproximar novamente.  — Eu estava pensando... Você tem que conhecer minhas irmãs... — Sorri fraquinho olhando no mar azul de seus olhos.  — Mas já aviso que não será fácil! Por dois mil anos fomos só nós quatro... Talvez elas não aceitem bem a ideia de agora ter mais uma pessoa ao nosso lado... — Suspirei sorrindo de leve.  — Mas quero que saiba... Mesmo que elas de início não aceitem isso tudo muito bem... Eu não vou desistir de você. Você faz pate de mim agora! — Ao acabar de dizer tais palavras tomei as mãos de Esmond junto as minhas.
So wait up, wait up! Give me one more chance!
avatar
Lily V. Schüler Voss
Academia Real de St. Claire
Academia Real de St. Claire

Mensagens : 84
Dinheiro : 100
Data de inscrição : 19/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Esmond Ferrenyr Doregan em Seg Mar 30, 2015 11:24 pm



A família da amada
Fabricar poções para uma guerra
 
 

Ria sobre o fato que Remy contara e imaginava a cena, apesar de parecer sombria na verdade se tornara divertida devido os trejeitos dela falar e sua voz sendo irônica, tranquilamente respondia:

_ Sim, acho que será uma ótima ideia, na pior das hipóteses reproduzo uma obra que possa servir de homenagem a você, mas creio que uma de própria autoria seja mais adequado._

Remy volta aos sofás assim que encerra sua bebida, ainda tinha um pouco por não ser muito dado ao álcool então coloco minha taça sobre o balcão e me sento ao lado dela, ela diz que eu precisaria conhecer suas irmãs mas que talvez fosse uma relação conturbada devido ao fato de 2 milênios a vida da família ser apenas entre as quatro. Eu compreendia sua preocupação quanto a isso, a presença de outra pessoa assim literalmente da noite para o dia na vida delas seria algo muito inesperado e incômodo, sendo elas bruxas reais que podem realmente lidar com a magia das energias e semelhantes era bom eu fica atento, na certa teria muitos problemas com a família de Remy e seria muito difícil ter de chegar à medidas drásticas para me manter à salvo.

_ Querida devo ser franco com você, não me importo com o que elas pensem ou tentem fazer contra mim caso acreditem que não devamos ficar juntos, apenas quero evitar de ter que chegar a medidas extremas caso algo saia do controle, eu não tenho poderes como vocês e muito menos a astúcia, sou só um ser humano que sabe combinar ingredientes e formar reações capaz de matar uma cidade em segundos. Então espero que pense bastante antes de contar-lhes sobre nós e as prepare para essa notícia, sei como preza sua família e quer o bem estar delas e realmente acredito que entre uma relação e uma família em meio a algo que possa tornar-se desastroso e causar uma escolha a família venha em primeiro lugar, ainda mais com o amor e carinho de dois milênios, espero que entenda o que digo._

 Era desconfortante abordar o assunto dessa maneira mas era mais uma de minhas manias acabar sendo direto até de modo excessivo, mas devia alerta-la que caso o ciúmes das irmãs levassem ao ponto de alguma querer realmente acabar comigo eu deveria me defender e lutar pela minha vida, mesmo sabendo que um simples criador de poções seria uma piada para uma bruxa de verdade, mesmo assim nunca fui de desistir fácil, e muito menos se passa pela minha cabeça a hipótese de desistir de Remy. Segurava as mãos da jovem e beijava-as carinhosamente dizendo:

_ Espero que não leve a mal o que disse, mas eu estou disposto a correr o risco por você, e se elas quiserem arrancar meu couro o coisa pior, nada que caçadores não vem tentando fazer desde que eu era pequeno._

A abraçava pelos ombros e segurava sua mão esquerda entrelaçando nossos dedos sutilmente, na verdade ficava preocupado quanto o que ela pensaria, seu amor por suas irmãs era realmente grande e dizer que estava disposto a enfrenta-las a ponto de um de nós sair vivo era algo realmente forte e inadequado, mas sentia que as chances disso acontecer eram grandes até demais, então focava meu olhar ao longe imaginando uma maneira de amenizar a situação, então me veio uma ideia:

_ Se achar que não teremos problemas, o que acha de todos termos uma atividade juntos? Um simples café ou até um picnic no lago da Academia? De preferência onde não tenha muitas pessoas, caso entenda o que eu quero dizer._

Ria brevemente e a olhava deixando seus lindos olhos me envolverem em paixão uma vez mais.





COM: Amada Remy ONDE: 1051 Night Club VESTINDO:Isso POST: 006

@Lilah
avatar
Esmond Ferrenyr Doregan

Mensagens : 26
Dinheiro : 30
Data de inscrição : 25/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Lily V. Schüler Voss em Ter Mar 31, 2015 4:53 pm



Then I'll move on

Tear drops in your hazel eyes, I can't believe I made you cry... It feels so long since we went wrong, but you're still on my mind, never meant to break your heart...Sometimes things just fall apart! So here's one night to make it right before we say goodbye!
Arqueei a sobrancelha quando ele disse que não se importava com o que as meninas pensavam. Ouvi as palavras seguintes de Esmond e feições pensativas tomaram conta de meu rosto. Enquanto ele falava fiquei imaginando o que de pior poderia acontecer... A casa explodir?  Jogarem futebol com a cabeça decepada dele? Soltei um longo suspiro. — Se eu fosse você... Eu me preocuparia! — falei enquanto cruzava as pernas. — De qualquer forma, te quero bem longe da nossa casa quando eu contar! Acredite, já presenciei milhões de brigas, e não é bom ter humanos por perto! Eles sempre acabam... Você sabe... — Respirei fundo dando uma pequena pausa. — Mortos! — falei enquanto cruzava as pernas.

Esmond me abraçou e seus dedos se entrelaçaram nos meus. Dei um beijinho em sua mão enquanto ouvia as sugestões de que, elas fossem apresentadas a ele em um lugar público e com muitas pessoas.— Isso seria bom... Na verdade é uma boa ideia! A gente podia ir no Moulin Rouge... É um lugar ótimo... Só espero que não fique encarando as dançarinas! — Ri sutilmente. Olhei nos olhos de Esmond e foi quase impossível não abrir um sorriso bobo no rosto. Mordi o lábio inferior e ainda o fitava nos olhos quando perguntei:  — E aí? O que quer fazer agora?

So wait up, wait up! Give me one more chance!
avatar
Lily V. Schüler Voss
Academia Real de St. Claire
Academia Real de St. Claire

Mensagens : 84
Dinheiro : 100
Data de inscrição : 19/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Esmond Ferrenyr Doregan em Ter Mar 31, 2015 10:44 pm



A família da amada
Fabricar poções para uma guerra
 
 

Remy apenas confirmara o que eu suspeitava, realmente as coisas poderiam ficar ruins assim  que ela contasse às irmãs que estava se relacionando com alguém e me queria longe quando isso acontecesse, mas concordou em nos conhecermos em um local público e mencionou um lugar chamado Moulin Rouge e me alertou para não observar as dançarinas dando um breve sorriso. Me divertia com o seu senso de humor e como ela via simplicidade nos fatos sem se preocupar excessivamente, fitava-a nos olhos enquanto respondia sua pergunta quanto ao que faríamos agora:

 __Se cansou de ficar aqui? Caso deseje podemos voltar para a Academia, se estiver exausta só me dizer que podemos ir.__

Passava uma de minhas mãos por seus cabelos os acariciando e dando um breve beijo em sua testa enquanto aguardava sua resposta.



COM: Amada Remy ONDE: 1051 Night Club VESTINDO:Isso POST: 007

@Lilah
avatar
Esmond Ferrenyr Doregan

Mensagens : 26
Dinheiro : 30
Data de inscrição : 25/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Lily V. Schüler Voss em Ter Abr 07, 2015 6:13 pm



† Just  Tonight

Just tonight I won't leave, and I'll lie and you'll believe, just tonight I will see that it's all because of me!
— Não me canso tão fácil! — Sorri de canto o olhando nos olhos. — Mas se você quiser ir para o Instituto, não temos o porque ficar aqui... Até porque eu já passei três dias seguidos acordada revezando festas e trabalho, e se você for esperar com que eu fique cansada vamos ficar até o horário dessa boate fechar! — Ri fraquinho passando meus braços em volta da cintura de Esmond enquanto o fitava nos olhos.

Percebi que agora Like a Stone saia das caixas de som e um sorriso largo cresceu em meu rosto. Fechei os olhos para poder me aconchegar e então voltei a abrir os olhos cantarolando tão baixo que quem não estivesse perto de mim pensaria que eu estaria dublando enquanto esperava a resposta de Esmond. — Of a book full of death, reading how we'll die alone and if we're good, we'll lay to rest, anywhere we want to go... In your house, I long to be room by room, patiently I'll wait for you there, like a stone, I'll wait for you there alone, on my deathbed, I will pray to the gods and the angels like a pagan to anyone! Who will take me to heaven? — God, eu realmente amava audioslave, o vício era tanto que eu me sentia como se os pesos de minhas costas libertassem minha alma o que me fazia sentir uma paz interior inigualável.
When the light hits your eyes it's telling me I'm right
avatar
Lily V. Schüler Voss
Academia Real de St. Claire
Academia Real de St. Claire

Mensagens : 84
Dinheiro : 100
Data de inscrição : 19/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Esmond Ferrenyr Doregan em Qua Abr 15, 2015 1:12 pm



Festinha tunts tunts
uhuu \o/
 
 

Aquela garota era realmente incrível, tinha uma energia e vigor que poucos possuíam e eu me questionava se era devido ao fato de ser uma bruxa de verdade ou apenas seu espírito juvenil e indômito que a mantinham sempre bem disposta, apenas sorria enquanto a ouvia mormurar algo e tentava decidir o que devia ser feito agora.

 - Bom minha querida, fica difícil querer ir embora vendo você aproveitar cada música e saber que não se cansa tão fácil assim. -  Sorria para ela e logo completava : - Que tal mais uma bebida? -

Abraçava-lhe brevemente e pegava mais duas taças de bebidas e lhe entregava uma delas, dava um breve gole na bebida e lhe perguntava em seguida:

 - Como foi ter vivido tantos anos? As vezes me questiono como deve ser ter tantos anos de vida, conhecer tantas pessoas neste tempo e ver as eras se modificando pouco a pouco, me parece ser algo tão interessante. -

A observava com feição intrigada, era algo que sempre tivera duvidas e talvez pudesse ter um pouco mais de esclarecimento agora.



COM: Amada Remy ONDE: 1051 Night Club VESTINDO:Isso POST: 008

@Lilah
avatar
Esmond Ferrenyr Doregan

Mensagens : 26
Dinheiro : 30
Data de inscrição : 25/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Lily V. Schüler Voss em Qua Abr 15, 2015 1:35 pm



† Just  Tonight

Just tonight I won't leave, and I'll lie and you'll believe, just tonight I will see that it's all because of me!
— Seria ótimo! — Respondi a pergunta de Esmond quanto mais uma bebida com um sorriso nos lábios. Tomei a bebida que ele acabara de trazer em mãos dando um pequeno gole euqnato ouvia a pergunta dele. — Eu não vivi por tanto tempo... Eu sobrevivi! — Ri fraquinho olhando pro chão. — Eu não sei por quanto tempo minha alma ficou presa em lamentações por causa de erros do passado e nos meus medos infantis... Eu... basicamente ficava trancada em meu quarto, cuidando das meninas, lendo e me culpando por tudo que eu não fiz e deveria ter feito!  — Suspirei e depois de um tempo voltei a olhar para os olhos de Esmond. — Mas não importa quanto tempo você viva, quanto tempo passe... Os fantasmas do seu passado seguem você... Então aprendi a lidar com isso! Quanto as pessoas... Eu não conheci muita gente, sempre fui tímida e parece que quanto mais o tempo evoluí mas as pessoas me intimidam! Mas é bem interessante ver tudo mudando sabe? Tudo evoluiu muito... Mas as vezes penso que, era melhor no passado... Hoje em dia é difícil esconder a minha idade... As pessoas envelhecem e morrem... E eu continuo tendo a mesma cara... Não sei quantas vezes ja mudei de nome e tive que passar anos escondida para não ser reconhecida... — Sorri de forma tímida. — De qualquer forma, eu não vou levar isso pra sempre! Um dia eu vou partir, nem que tenha que ser pelas minhas próprias mãos! Chega uma hora que temos que nos permitir descansar... —
When the light hits your eyes it's telling me I'm right
avatar
Lily V. Schüler Voss
Academia Real de St. Claire
Academia Real de St. Claire

Mensagens : 84
Dinheiro : 100
Data de inscrição : 19/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Frederico W. Hohenzollern em Sab Abr 18, 2015 7:36 pm

On my way to a place I know
Houve expressões de surpresa no momento que o homem pisou no clube em que tinha o orgulho de falar que era seu. Havia o que? Três ou quatro anos que não passava por aquelas portas? O segurança tentou lhe barrar, mas bastou uma palavra para que o pobre coitado quase caísse de joelhos em uma reverência profunda.

O sorriso de saudade atingiu seus lábios e por um momento se permitiu voltar uns anos atrás, quando era o DJ daquele local e vivia fazendo mini raves ali. Mas agora as coisas estavam totalmente diferentes: tanto, que até um gerente tinha contratado. Andou até o segundo andar, na parte VIP, e foi direto para o bar, pedindo o seu drink favorito ao barman que o olhou com os olhos brilhando. Por um momento passou na cabeça do rei que estava sendo paquerado, mas a ideia era tão ridícula, que apenas se fez rir. - Como tem andado o movimento por aqui? Continua tão parado nos sábados que dá pra tirar um cochilo de três horas atrás do balcão? - Soltou uma gargalhada sincera ao ver a cara de espanto do jovem. - Relaxa, não vou te demitir por isso. - Pegou seu Bloody Mary e caminhou a passos rápidos para um pufe ali perto, de cor preta. Aquele sempre fora seu favorito e quase sempre alguém se sentava nele antes de si, deixando o rei um tanto quanto desapontado.

Deixando a bebida no chão ao seu lado, fechou os olhos e respirou o ar um pouco abafado, sentindo-se, pela primeira vez dentro de um grande espaço de tempo, a calma lhe atingir, como se não houvesse um país para comandar. A música começava a soar e aquilo lhe trazia boas memórias: danças, bebidas e noites passadas a claro com seus amigos em boates. Qual fora a última vez que se permitiu isso? Agora ele entedia Aurea. Abriu os olhos ao lembrar-se da menina. Será que...? Em um movimento rápido, alcançou o celular no bolso da frente e digitou uma mensagem: Hallo, Majestade. Que tal um pouco de diversão? 1051 lhe aguarda, assim como eu ;) Enviou a mensagem e aguardou alguma resposta.
thanks to ★


_________________
Not Gonna Die
I've gotta fight today to live another day. I've gotta make a stand and I'm gonna fight for what is right. It's just another war.
avatar
Frederico W. Hohenzollern
Reis
Reis

Mensagens : 101
Dinheiro : 112
Data de inscrição : 14/02/2015
Idade : 24
Localização : Alemanha

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Esmond Ferrenyr Doregan em Sab Abr 18, 2015 8:13 pm



Um forte pesar
A falta de preparo para o momento
 
 

Ouvia com atenção um pouco mais sobre a vida de Remy, me parecia que uma vida tão longa e que atravessou gerações como a dela não era como todos pensavam e gostariam de ter, poderia até dizer que não tinha nada de especial pois assim como fazes boas também haviam diversos problemas e dificuldades. Me parecia haver grande dor nas palavras proferidas por minha amada, de certa forma me era sensível o pesar de que a vida de Remy não havia sido nem um pouco fácil, eu a abraçava e tentava aconchega-la em meu abraço enquanto tenta imaginar e compreender o que ela havia passado e isso me levava à compreensão de que nada do que passara havia sido fácil. Ouvindo-a dizer sobre partir, senti um forte nó na garganta, aquilo não foi bem assimilado por mim, então a segurei pelos ombros e senti minha voz falhar em outro nó, pigarreei e tomei o controle do que era estranho para mim sentir, ao imaginar que este mundo poderia perder a presença de Remy, sua existência se extinguir, não fora fácil conter o marejar de meus olhos enquanto a encarava nos olhos lhe dizendo:

 - Lhe peço meu amor, jamais torne a repetir tal coisa quando estivermos juntos. -

Passei a destra pela face da linda mulher enquanto senti um leve rolar de uma gota lacrimal pelo meu rosto:

- É como se o peso de suas palavras caíssem sobre meus ombros, eu pudesse sentir como fora sua vida até agora, e o por que do desejo de tal descanso, mesmo  que o pouco tempo de amargor que eu vivera me fizesse ser mais frio, ainda assim não consegui me tornar tão forte para imaginar a perda de alguém que amo. -

 - Sei que comparado ao que possa ainda viver, meu tempo ao seu lado será como um breve instante, mas espero poder fazer desse instante algo que pelo menos possa lhe fazer sorrir quando eu já não estiver mais aqui, que dessa fração de momentos alguma lembrança deixa sua vida um pouco mais feliz.-

 


COM: Amada Remy ONDE: 1051 Night Club VESTINDO:Isso POST: 009

@Lilah
avatar
Esmond Ferrenyr Doregan

Mensagens : 26
Dinheiro : 30
Data de inscrição : 25/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Charlotte W. N. Reinhardt em Seg Abr 20, 2015 4:20 pm


I'll make them good gifls go bad  

A jovem rainha estava em seu quarto na Academia Real, estudando um pouco de história, lendo sobre a Segunda Guerra Mundial. Ela suspirou fundo, duas vezes antes de se endireitar e observar seu quarto. Era grande, espaçoso, mas ela se sentia vazia desde o enterro. Quando o rei alemão morreu, pai de um de seus poucos amigos morrera, ela teve de ir. Viu o rapaz chorar. Aurea tentara o consolar como conseguia. Ela tinha afeto pelo o príncipe alemão, que agora, era rei. Aurea fora na coroação. Sinceramente, ela estava orgulhosa dele. Ela esperava que ele fosse ao menos, capaz de lhe entender agora, já que quando ele era somente um príncipe, ele reclamava que a jovem lhe dava pouca atenção quando tinha tempo. — Onde esse filho da puta está? — Ela disse a si mesma pensativa. Observava ainda seu livro sobre a segunda guerra, quando viu seu celular vibrar. Deu os comandos precisos, lendo a mensagem que aparecia. 'Hallo, Majestade. Que tal um pouco de diversão? 1051 lhe aguarda, assim como eu ;)' Ela sorriu, iria matar lô e socar lô e o que precisasse. Suspirou fundo e gritou. — Quentyn seu vagabundo preguiçoso! Acorde porra! Nós vamos sair. — Aurea sacudia o guarda que dormia no divã com raiva. Quando ele finalmente acordou, ela suspirou fundo e sorriu falso, andou para o seu banheiro, onde pegou uma roupa e tomou banho. Quando finalmente acabou, se olhou no espelho, fazendo uma maquiagem leve. Ao ver Quentyn finalmente vestido, a jovem o puxava já para fora de St. Claire.

Quando ambos finalmente sairam do castelo, andavam com calma, enquanto conversavam sobre Aurora. A rainha só reclamava, de fato, a irmã já estava a irritando muito, principalmente quando a irmã inventava de palpitar sobre seu noivado. A jovem esfregou a testa com dois dedos e continuou andando, até chegarem no clube, a jovem tinha sido barrada. Ela apenas riu. — Querido, você está mesmo barrando uma rainha? Sabe o que eu poderia fazer com umas simples palavras? Poderia ter sua cabeça entregue em uma bandeja de prata, só preciso convencer alguém, então, ainda estou barrada? Ah, acho que o dono daqui está me esperando e não é bom deixar ele esperando. Creia me, eu sei muito bem disso. — Aurea sorria falsamente, enquanto ouvia o segurança lhe pedindo clemência e desculpas, a deixando entrar. Quando a jovem rainha entrara, ela dera instruções claras ao guarda. Andou atrás de quem a tinha convidado, até o ver. Sorriu, subindo para a área VIP do clube, e o encarou no pufe quando chegou. — Ora, Frederico, sua mãe não lhe ensinou que não é assim que se recebe uma rainha? — Aurea negou com um gesto de cabeça, sentou se no pufe ao lado e deu um tapa forte no rosto do alemão. — Isso foi por me abandonar naquela merda de instituto seu filho de uma puta inútil! Você também nunca mais falou comigo depois do enterro do seu pai, seu vagabundo inútil. — Deu vários tapas fortes no braço do alemão. Aurea era forte, não muito, sabia lutar, se defender e até matar, devido a caça as bruxas, mas somente por ser homem, Frederico era mais forte que ela, mas a rainha não ligava. A raiva assumia todo o corpo da jovem naquele momento.

tags: My Stupid And Beloved Friend wearing: this; notes: i can't be an angel today  

_________________

Well, Welcome To Your Rule, My Queen.

avatar
Charlotte W. N. Reinhardt
Rainhas
Rainhas

Mensagens : 379
Dinheiro : 519
Data de inscrição : 05/09/2013
Idade : 21
Localização : No coração do Mr. Tubbles, mas também em Oslo ou em St. Claire, Paris, Hogwarts, Acampamento Meio Sangue, Floresta de Doces, Panem ou Nárnia q

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Frederico W. Hohenzollern em Seg Abr 20, 2015 11:01 pm

Nice to see you again too, Aureola

A pergunta do momento era: por quanto tempo Frederico havia "viajado"? Ele sabia que estava encarando o globo de luzes há alguns minutos, mas não sabia dizer se os "minutos" se transformaram em horas. Foi arrancado de seus devaneios por um voz bem conhecida, fazendo um sorriso animado surgir em seus lábios. Olhou para a garota a sua frente com uma expressão irônica e a testa franzida. - A senhora minha mãe me deu uma educação perfeita, mas não vou me levantar pra cumprimentar você. Aqui tá muito confortável pra sair agora. - Cruzou os braços abaixo da cabeça e continuou encarando a morena da posição que estava, sem se movimentar um centímetro em direção a mesma. Aurea havia mudado. As curvas, que já existiam, ficaram mais marcadas e o rosto tomou características mais maduras, porém continuava delicado. - E essa desculpa de ser rainha não adianta de nada, você sabe. Se for assim: É desse jeito que você fala com um rei? - Arqueou uma sobrancelha, em uma forma muda de dizer "parece que estamos quites agora, não é mesmo?".

Aguardou a jovem rainha acabar de se acomodar em seu pufe tomando o resto da bebida que tinha em sua taça, e quase teve um ataque cardíaco quando isso aconteceu: tapas e xingamentos eram lançados contra ele sem nenhum motivo aparente, fazendo um susto lhe atingir de imediado. Os tapas de Aurea não chegavam a doer, mas deixavam uma pequena ardência no local. - Para com isso, sua maluca! - Tentou segurar os braços dela, mas foi em vão; a velocidade que ela movimentava os braços era demais para ele. Se levantou, fugindo do descontrole ambulante que era a rainha naquele momento e a encarou, ainda assustado. - Eu não abandonei o Instituto e muito menos você! Eu só tive que voltar pra Alemanha por um tempo pra organizar tudo. Mudança de governo não é fácil e você sabe disso. -  Falou com uma distância segura, encarando a garota com o rosto vermelho de raiva. Esfregou o braço, bufando em seguida. - Você continua histérica, huh? - Provocou, um sorriso malicioso no canto dos lábios. - Espera ai, vou pegar alguma coisa pra acalmar a fera. - Piscou um olho e foi a passos rápidos para o balcão onde o cara preguiçoso trabalhava.

Voltando dois minutos depois, se sentou no pufe que lhe pertencia e ofereceu a taça de  Cosmopolitan para a garota. - Toma isso, vai fazer com que a Aureola agressiva volte para o inferno e a Aureola que eu amo volte. - Suspirou, tomando da sua própria taça em seguida e aguardou um momento para continuar a conversa com a menina. - Então, como que você aguenta toda essa pressão? Quero dizer, eu quase mandei todos os ajudantes de ordem pro olho da rua. Existem idiotas dentro daquele castelo e eu precisava tirar alguns deles. Mas agora está tudo normal, posso voltar pro Instituto e continuar comandando as coisas de lá. Porém terei que ir à Alemanha uma vez por semana pra conferir tudo, porque tenho certeza que vai ter coisa errada. - Terminou o desabafo encarando o teto, sentindo-se três vezes mais leve. Tomou um outro fôlego e olhou pra menina ao seu lado. - Mas vamos parar de falar dessas coisas burocráticas. Eu sinto sua falta e, por agora, quero ser apenas um cara com a garota que sente uma falta desgraçada aproveitando o clube e tomando uma bebida horrorosa. - Sorri abertamente, mostrando os dentes brancos e alinhados.  

thanks to ★


_________________
Not Gonna Die
I've gotta fight today to live another day. I've gotta make a stand and I'm gonna fight for what is right. It's just another war.
avatar
Frederico W. Hohenzollern
Reis
Reis

Mensagens : 101
Dinheiro : 112
Data de inscrição : 14/02/2015
Idade : 24
Localização : Alemanha

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Charlotte W. N. Reinhardt em Ter Abr 21, 2015 2:02 pm


I'll make them good girls go bad  

Aurea estava com as mãos na cintura, observando o rapaz sentado no pufe, com uma expressão divertida, até. Até o momento em que ele se tocou que era ela, ela revirou os olhos. — Impressionante. É rei, mas ainda continua lerdo. Que vergonha, Frederico. — A rainha sorria falsamente, encarando o alemão. — Nossa. Mas como você é preguiçoso né? Se acostume a ficar de pé, mon chére. Agora que é rei, o tempo de ficar lá sentadinho escutando só quando papai fazia discurso acabou querido. Agora você vai ter que ficar em pé, por horas falando. Ah! E eu falo como eu bem entendo, pois sou uma rainha há mais tempo que você, então EU sou veterana e foda se se é mais velho que eu. Bom, vou te dar alguns conselhos, já que eu estou nessa 'função' há mais tempo. Meu pai sozinho, sem a ajuda de ninguém, sem conselheiros, conseguiu transformar a Noruega em uma potência mundial. O que você precisa fazer agora, Frederico, de vez sair cortando programas, é adaptar los, de modo que reduza custos. Se os programas são úteis, cancelar trará a ira da população alemã. Você pode os trazer de volta, caso decida cancelar, o que seria burrisse, mas adaptar los de modo que gaste menos. Reduzir custos, Frederico, é uma coisa complicada, é como pisar em... Ovos. Seu peso quebraria, porque você é incrivelmente gordo, mas deu para ter uma ideia. — Aurea deu de ombros. Não tinha sido nada delicada ao falar daquele modo com o rapaz, mas isso não importava nada. Ela querendo ou não, tinha raiva. Tinha o xingado como se tivesse perdido algo e quebrado.

Os tapas que a jovem dava eram muitos, seguidos, ainda por cima e velozes. Ela continuava batendo no rapaz, até mesmo quando ele tentou segurar seus braços. Em um certo ponto, seus braços começavam a doer, de tanto bater no rapaz. Então parou, quando viu o alemão se afastar e rir baixo. Ele a chamou de maluca. Aurea se ajeitou no pufe, sorrindo. — Não sou maluca, só estou com raiva mortal de você, Frederico, é bem diferente. — Ela deu de ombros, o ouvindo. Ela riu sem humor. Não, ela não sabia como era mudança de governo, já que ela não tinha assumido ainda o trono de seu país por direito. Mas ela, já o comandava com mãos ágeis, de ferro nos momentos certos, assim como seu pai. — Não, Frederico. Eu não sei. Eu sou a rainha da Noruega no título, mas não assumi o trono ainda. Era para eu ter assumido mesmo, quando eu fiz dezesseis. Minha mãe está me enrolando. Este ano, eu irei assumir o trono, realmente. Sabe por que eu tinha a aliança de casamento com os alemães realmente, além de armas? Minha coroa estava em risco. Meus conselheiros não me acham apta para assumir o trono norueuguês sozinha, sem marido. Acham que vou foder o país assim como meu pai. Eu nunca quis me casar, principalmente por obrigação. Mas os conselheiros escolheram meu 'futuro marido' e disseram que eu teria de me casar, eu o fiz por anos. Até que mês passado, se não me engano. Mandei matar todos os meus conselheiros por conspirarem contra o poder de uma rainha. Minha mãe não sabe que sei disso, isso era para ser segredo dela com meu tio, mas meu tio me contou. Não era nem para você saber. Aposto que nem seu pai e nem sua mãe te contaram isso. — Soltou um suspiro, evitando as lágrimas. Aurea era forte, era assim que se manteria. — Sim, você me abandonou. Quando eu mais precisei de você, quando minha tia Alessa, morreu, você não estava. Dói, sabe? Quando um dos únicos amigos que você tem, conversa, não está para lhe consolar quando um parente que você gosta morre. Eu estava lá quando seu pai morreu. Mas quando eu precisei, você não estava. E não me venha com a desculpa de 'Eu estava muito ocupado resolvendo problemas da Alemanha' porque eu parei tudo que fazia em relação ao meu país para ir no enterro da minha tia. — Ela se levantou, dando um beliscão forte no braço do alemão, se afastando e se sentando no pufe novamente. — E ser histérica é minha marca. Não reclame. — Ela se endireitou no pufe, ouvindo a música. Era algo interessante. When I met you in the summer, to my heartbeat sound, we fell in love, as the leaves turn brown... Ela sorriu. Revirou os olhos ao ouvir lo falar em lhe pegar uma bebida.

Quando o viu voltar com uma bebida, ela revirou os olhos, sorrindo falsamente. — Você está mesmo tentando me embebedar para me levar para a cama, Frederico? Que golpe baixo... — Ela pegou a bebida, a deixando em cima da mesa, vendo o alemão sentado ao seu lado, ouvindo apenas. Ela já sabia que isso iria acontecer. Revirou os olhos, ainda ouvindo. — Primeiro de tudo, Frederico. Eu lhe conheço desde que me entendo de gente. Então, isso me dá o direito de ser totalmente honesta e você não pense em me matar ou ficar bravo, porque eu posso te dar motivo real pra isso. Você NÃO está pronto, Frederico. Você assumiu as pressas o governo da Alemanha, alguns dos governos em que isso ocorre, são fadados a fracassar, devido ao despreparo do sucessor, mas espero que não seja seu caso. Enfim. Frederico, você realmente não está pronto para tamanha responsabilidade. Você nunca foi muito disso, eu percebia nas reuniões em que ia e via seu pai e você lá, sentado com seu celular. Eu vou a Noruega não uma vez por semana, mas duas. Eu não confio em outras pessoas para me ajudar no comando do meu país. Eu faço a meu modo e toda a população da Noruega me ama. Apesar de que matei todo meu conselho... Veja: Eu sei ser uma boa pessoa em relação ao governo, mas quando preciso, sei ser cruel e sei conciliar isso, e isso é algo que vai precisar conciliar. — Ela disse solene, se ajeitando no pufe. Colocou a cabeça no colo do alemão, algo que não fazia tinha algum tempo, e riu, ao o ouvir. — Ótimo que sente minha falta, senti falta de passar esses meus belos sermões. — Mostrou a língua se endireitando, enquanto fechava os olhos e se concentrava na música.

tags: my stupid and beloved friend wearing: this; notes: i can't be an angel today  

_________________

Well, Welcome To Your Rule, My Queen.

avatar
Charlotte W. N. Reinhardt
Rainhas
Rainhas

Mensagens : 379
Dinheiro : 519
Data de inscrição : 05/09/2013
Idade : 21
Localização : No coração do Mr. Tubbles, mas também em Oslo ou em St. Claire, Paris, Hogwarts, Acampamento Meio Sangue, Floresta de Doces, Panem ou Nárnia q

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1051 Night Club

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum